Home
Página InicialEmpresaMapa do site Contato     
 






 

BCM News N°3

12 de Novembro de 2009 Edição Nº3
"Apagão", sua empresa está preparada?
  O apagão que atingiu o Brasil nesta terça-feira destacou a importância das empresas possuirem planos de continuidade negócios, mas também ressaltou a necessidade das organizações que já possuem esses planos reverem as estratégias adotadas. Com o avanço das regulamentações
sobre continuidade de negócios, assim como da evolução da demanda dos clientes, que contam com smartphones, conexões 3G e notebooks com bateria, a interrupção dos serviços de uma empresa já não é tolerada mesmo quando se deve a um fator externo como o apagão .
  Assim, a elaboração de planos que evitem a interrupção dos negócios não é só uma necessidade, mas representa um alto ROI na medida em que minimiza perdas financeiras - seja por evitar multas, interrupção das vendas ou ainda a danificação de equipamentos - e preserva a imagem da empresa como um organização segura e confiável.
  Os planos de continuidade voltados para interrupção da eletricidade devem considerar o cenário de pior caso , como evidenciou o blackout desta terça-feira, levando em conta que eles podem atingir dimensões amplas , tanto espacial quanto temporalmente, e que eles podem ter consequências indiretas indesejadas como a interrupção do abastecimento de água. Assim, não importando se a sua empresa irá optar por investir em um site alternativo que esteja em conexão com os computadores do site primário e pronto para uso no caso do incidente, ou se irá investir em uma opção mais barata, como a aquisição de geradores próprios, deve-se considerar que o blackout pode atingir vários estados do país e que pode durar várias horas. Além disso, é importante levar em conta que o apagão não é um evento isolado e pode gerar outros problemas logísticos como a interrupção do abastecimento de água e desse modo os planos também devem considerar incluir meios alternativos de abastecimento de água para possibilitar a continuidade dos negócios.
  Por fim, é fundamental que os planos sejam testados em condições que simulem um apagão real. Essa etapa é essencial, uma vez existem muitos casos em que apesar de terem investido na continuidade dos negócios, empresas cometem erros triviais no momento da execução como não haver combustível suficiente para os geradores.

Essa Newsletter foi trazida a você pela RecoveryPlanner Brasil.
Rua do Paraíso, 139, cj. 123 / São Paulo / CEP 04103-000
Fone: 2614-2776 Fax: 2614-2773
br.recoveryplanner.com